• meridelatorre

Bancário Demissão Aspectos Emocionais

Atualizado: 3 de fev. de 2021

As emoções que surgem na demissão após anos de trabalho em banco.


Carreira que demanda muito estresse, principalmente em agências, que tem metas, reponsabilidades, prazos, protocolos administrativos para cumprir, gestores internos e clientes para atender, cada um desses com as suas particularidades.


É claro que existem bancários realistas e práticos, que assumem o drive de um rolo compressor e esmaga todas as dificuldades, objetivando apenas o podium. Muitas vezes passará por angustias, medos, incertezas e criticas, mas se manterão direcionado aos resultados, prêmios, reconhecimentos e promoções. Sem contar na felicidade de entregar seu trabalho com exatidão e superar desafios.


Mas também existem bancários com perfil mais cauteloso, que cumprem suas metas mensalmente trabalhando arduamente. Sentem-se felizes em entregar seu trabalho, fechar o mês dentro do esperado, mas com certo sofrimento e cansaço.


Qual o melhor perfil? Não há melhor ou pior perfil quando falamos de pessoas, que cresceram com bases familiares e culturas diferentes, seguiram vida com crenças herdadas da família e formaram seu juízo próprio através dos seus filtros.


O importante é observar que qualquer um dos perfis existe o sofrimento emocional, que podem ficar guardados ou podem apresentar crises de ansiedade e pânico, bem como depressão, isso por conta dos seus limites, traumas e fuga. É necessário atenção e prevenção.


Temos que lidar da melhor maneira possível com nossos sentimentos, tentar ao máximo se fortalecer, apoiar-se em experiências possíveis (concretas). O nosso cérebro se bem alimento pode nos levar a grandes vitórias com menos sofrimento.


A vida profissional é um verdadeiro malabarismo e mesmo com a demissão a destreza e equilíbrio, mais do que nunca, tem que se fazer presente.


Na demissão o sofrimento e angustia ficam potencializados, é quase que impossível, de não serem sentido. Sim, pode sofrer e se lamentar, por poucos dias.

Entenda que existem milhares de empresas e caminhos profissionais, não apenas aquele que você estava. Acredite na sua capacidade, se você achava soluções para os problemas no banco você achará solução para os seus problemas sempre.


MANTENA A CALMA e avalie as opções de empregabilidade com cautela, e pondere seus sonhos e limites. Busque o novo e o melhor para VOCÊ!




0 visualização0 comentário